Patrocínio
 


 

Notícias+


Projeto Aves: Tucano-toco
Vive em casal ou em pequenos grupos que voam formando uma fila indiana.

TUCANO-TOCO
Ramphastos toco (Statius Muller, 1776)
Família: Ramphastidae

17/09/2018 – Há duas subespécies, ambas ocorrem no Brasil. É o maior dos tucanos, medindo entre 55 e 61 centímetros.

Plumagem negra; papo e uropígio brancos; crisso com vermelho; bico muito longo, alaranjado com a ponta da maxila preta; anel ocular azul.


Pick-upau/Reprodução/Viviane Rodrigues Reis

Tucano-toco (Ramphastos toco).

 

Ramphastos toco toco ocorre no sudeste do Peru, Guianas e norte do Brasil para o sul ao longo da costa até o Pará e Maranhão, subindo o Rio Amazonas até Manaus. Ocorre nos estados do Amapá, Pará, Maranhão.

Apresenta o peito branco, lavado de amarelo e estreitamente marginado de vermelho.

Ramphastos t. albogularis ocorre na Bolívia, Paraguai, norte da Argentina e nos seguintes estados brasileiros: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Piauí, Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo.

Pick-upau/Reprodução/Viviane Rodrigues Reis

Tucano-toco (Ramphastos toco).


Possui o peito puramente branco sem borda terminal vermelha.

Habita matas abertas, matas de galeria, cerradão, cerrado, campo arbustivo, ilhas fluviais e cidades. Sua área de ocorrência tem aumentado para o sudeste devido ao desmatamento.

Vive em casal ou em pequenos grupos que voam formando uma fila indiana. Intercalam batidas de asa rápidas com longos planeios.

Pick-upau/Reprodução/Viviane Rodrigues Reis

Tucano-toco (Ramphastos toco).


Alimenta-se de frutos, inclusive cultivados como laranja e goiaba. Consome também insetos, ovos e filhotes de outras aves como o de pica-paus.

Foi observado comendo melancia e melão em comedouro de uma Fazenda em Miranda, no Mato grosso do Sul.

Para a nidificação utiliza túneis em barrancos ou ocos em estirpes mortas de palmeiras. Às vezes usa ninhos do pica-pau-do-campo (Colaptes campestris), em cupinzeiros terrestres.

Pick-upau/Reprodução/Viviane Rodrigues Reis

Tucano-toco (Ramphastos toco).


Em comemoração ao centenário da aprovação da Lei do Tratado das Aves Migratórias (MBTA, na sigla em inglês), importantes instituições estrangeiras como National Audubon Society, National Geographic, BirdLife International e The Cornell Lab of Ornithology, oficializaram 2018 como o Ano da Ave. Aqui no Brasil, a Agência Ambiental Pick-upau também realizará uma série de ações para a promoção do Projeto Aves, patrocinado pela Petrobras, incluindo matérias especiais sobre as aves nas mais diversas áreas, como na ciência.



O Projeto Aves realiza diversas atividades voltadas ao estudo e conservação desses animais. Pesquisas científicas como levantamentos quantitativos e qualitativos, pesquisas sobre frugivoria e dispersão de sementes, polinização de flores, são publicadas na Darwin Society Magazine; produção e plantio de espécies vegetais, além de atividades socioambientais com crianças, jovens e adultos, sobre a importância da conservação das comunidades de avifauna.

Pick-upau/Reprodução/Viviane Rodrigues Reis

Tucano-toco (Ramphastos toco).




O Projeto Aves é patrocinado pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental, desde 2015.

Da Redação/Viviane Rodrigues Reis
Fotos: Reprodução/Viviane Rodrigues Reis

 
 
 
 
Copyright 2018 - Pick-upau - Todos os direitos reservados - São Paulo - Brasil
 
 

 

 
Patrocínio
 
 
     
 

Nas Redes

Quem Somos
  Pesquisa Científica
Reflorestamento e Produção Florestal
corporativo@pick-upau.org.br Mitigação de Mudanças Climáticas
55 11 3571-3480 CECFLORA - Centro de Estudos e Conservação da Flora
São Paulo - SP Negócios Sustentáveis
  Publicações
  Acervo Técnico
  Central de Educação e Jornalismo Ambiental