Pick-upau lança Programa de Compliance
O novo conjunto de regras deixa tudo mais claro e facilita para todos que se relacionam com a Organização

12/11/2020 – Desde seus primeiros anos de vida a Agência Ambiental Pick-upau elegeu os valores universais como suas principais diretrizes. Sobre esses pilares de justiça, igualdade e paz entre os povos, criou seus projetos e já desenvolve suas atividades, ações e campanhas há mais de 20 anos sobre essa ótica.

Mas o mundo já não é o mesmo de 1999, e por certo não será o mesmo daqui vinte anos. Essas mudanças e evoluções da sociedade fazem com que todos nós reflitamos sobre os valores e comportamentos pessoais, institucionais e corporativos.

Pensando nessas mudanças comportamentais e reafirmando seus valores e o respeito às leis brasileiras e internacionais, a Agência Ambiental Pick-upau lançou na última semana seu Programa de Compliance. Além de seu Estatuto, agora a Organização conta um regramento específico e detalhado sobre os principais assuntos relacionados às suas atividades.

Viviane Rodrigues Reis/Pick-upau

Centro de Estudos e Conservação da Flora - CECFLORA, unidade de pesquisa da
Agência Ambiental Pick-upau.



O Programa de Compliance da Pick-upau reúne um conjunto de documentos sobre a Política Interna de Conformidade à Legislação Brasileira e Estrangeira de Combate à Corrupção; Regras para Igualdade Racial e Combate ao Racismo; Política de Igualdade de Gênero e a Ascensão das Mulheres; Política para Prevenção e Combate aos Assédios Moral e Sexual no Ambiente de Trabalho; e um novo e atualizado Regimento Interno.

Essa iniciativa é mais um compromisso da Agência Ambiental Pick-upau em defesa de todos os valores de uma sociedade mais justa e igualitária. Para a vice-presidente da Pick-upau, Andrea Nascimento, a Organização já trabalhava para atualizar seus regramentos institucionais e a parceria com a Petrobras ajudou bastante nesse sentido. “A Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental, em conjunto com a UNESCO-Brasil e a Universidade Federal Fluminense, auxiliou a Organização diretamente nesse processo, através das capacitações promovidas pelo programa Conexões Éticas do Terceiro Setor. Isso foi mais um incentivo para que atualizássemos nossas diretrizes corporativas”, diz Nascimento.

Para a Bióloga-chefe da Pick-upau, Viviane Rodrigues Reis, faz muita diferença trabalhar em um local que atenta para os valores de uma sociedade mais justa. “Trabalhar em uma instituição que pratica uma boa governança corporativa, trabalhando com equidade, transparência, prestação de contas e responsabilidade é extremamente importante. Estes pilares fornecem integridade ao processo de gestão. Ter preceitos éticos na minha visão é fundamental para o nome de qualquer instituição e extremamente necessário”, diz Reis.

Pick-upau/Reprodução

Centro de Estudos e Conservação da Flora - CECFLORA, unidade de pesquisa da
Agência Ambiental Pick-upau.



Segundo o CEO da Agência Ambiental Pick-upau, Julio Andrade, estar sempre atento às normativas e as mudanças da sociedade é fundamental nos dias atuais. “É claro que a Organização sempre esteve atenta as melhores práticas, há mais de 20 anos temos o cuidado com essas diretrizes. Entretanto, ter um conjunto de regras claras auxilia, não somente nosso trabalho, mas melhora nossa relação com todos”, afirma.

“Ser honesto, justo e lutar pelas igualdades e boas práticas é uma obrigação. Mas ter um regramento objetivo pode auxiliar nos desafios diários de uma organização como a Pick-upau”, finaliza Andrade.


Fale com a Agência Ambiental Pick-upau

Da Redação
Fotos: Pick-upau/Reprodução

 
 
 
 
Copyright 2020 - Pick-upau - Todos os direitos reservados - São Paulo - Brasil
 
     
 

Nas Redes

Quem Somos
  Pesquisa Científica
Reflorestamento e Produção Florestal
corporativo@pick-upau.org.br Mitigação de Mudanças Climáticas
55 11 3571-3480 CECFLORA - Centro de Estudos e Conservação da Flora
São Paulo - SP Negócios Sustentáveis
  Publicações
  Acervo Técnico
  Central de Educação e Jornalismo Ambiental