Pick-upau adere a Aliança para Ação Climática
Aliança é uma iniciativa global que agora chega ao Brasil, por meio da WWF, ICLEI e outras instituições


26/03/2021 – A crise climática é uma realidade imposta a todos os países, sem exceção. E a cada dia o tempo para uma mudança de comportamento fica mais escasso. Os alertas já foram emitidos, as comunidades científicas já apresentaram os dados e as possíveis soluções. Resta agora a vontade política, corporativa e a mobilização de toda a sociedade.

Nesse sentido coalizões, movimentos e alianças são importantes para organizar ações de mitigação das mudanças climáticas e mobilizar pessoas e comunidades. No Brasil, a WWF, o ICLEI América do Sul, o Instituto Clima e Sociedade, o CDP Latin America e o Centro Brasil no Clima se uniram para coordenar a constituição da Aliança pela Ação Climática e a Agência Ambiental Pick-upau acaba de aderir à causa.


Reprodução/Maxpixel

 



A Aliança pela Ação Climática – ACA-Brasil, agora se junta a outras iniciativas internacionais como a Alianza para la Acción Climática Argentina (ACAA), a Japan Climate Initiative (JCI), a Alianza para la Acción Climática de México (ACA-MX), a Alianças para Ação Climática na África do Sul (ACA SA), a America Is All In (AIAI) e a Coalizão do Vietnã para Ação Climática (VCCA).

“A mudança global do clima é real. Ondas de calor frequentes já estão provocando incêndios, devastação e mortes. Evidências científicas sugerem que o atual nível de gás carbônico na atmosfera é o maior em 3,5 milhões de anos. Grande parte do gelo do Ártico e de parte da Península Antártica está derretendo. O nível dos mares está subindo, colocando em risco a vida de mais de 300 milhões de pessoas. Até 2030, milhões de novas pessoas em todo o mundo devem se encontrar abaixo da linha da pobreza e um número similar será forçado a migrar. Haverá falta de alimentos e um alto índice de subnutrição. Se a mudança climática permanecer fora de controle, gerará impactos econômicos, sociais e humanos ainda mais negativos do que os trazidos pela pandemia do novo coronavírus”, diz um trecho do texto declaratório da ACA Brasil.


Reprodução/Maxpixel

 



A Agência Ambiental Pick-upau trabalha e mantém projetos de mitigação das mudanças climáticas desde 2009 e nos últimos anos têm intensificado essas ações voltadas à pesquisa científica e a restauração de florestas tropicais, além de atividades de sensibilização socioambiental.

“Nós, signatários e signatárias da ACA Brasil, assumimos a responsabilidade de honrar os compromissos pactuados pelo Brasil no Acordo de Paris e colaborar para que sejam ainda mais ambiciosas, à luz das mais recentes recomendações do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), buscando limitar o aumento da temperatura da Terra a 1,5°C acima dos níveis pré-industriais. Mobilizaremos esforços para reduzir pela metade nossas emissões até 2030 e atingir a neutralidade em carbono até 2050”, conclui o texto declaratório da ACA Brasil.


Reprodução/Maxpixel

 



Sobre a ACA Brasil
As alianças para Ação Climática são coalizões nacionais dedicadas a empreender medidas sistematizadas e aumentar o apoio público no enfrentamento à crise climática mundial, de modo a contribuir para que os países cumpram com os compromissos pactuados no Acordo de Paris. No Brasil, o WWF Brasil, o ICLEI América do Sul, o Instituto Clima e Sociedade, o CDP Latin America e o Centro Brasil no Clima se uniram para coordenar a constituição da Aliança pela Ação Climática.

Nossa missão é mobilizar lideranças empresariais, investidores, autoridades locais e estaduais, acadêmicos, a imprensa, entidades religiosas, organizações da sociedade civil e a juventude sob a bandeira da Aliança pela Ação Climática, para aumentar o tamanho do movimento subnacional; melhorar as sinergias entre as iniciativas em curso em apoio às ações climáticas locais, contribuindo para redução concreta de emissões e para um aumento da resiliência dos territórios.


Reprodução/Maxpixel

 



Nossa visão é alcançar os compromissos pactuados pelo Brasil no Acordo de Paris e colaborar para que sejam ainda mais ambiciosas, à luz das mais recentes recomendações do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), buscando limitar o aumento da temperatura da Terra a 1,5°C acima dos níveis pré-industriais. Mobilizaremos esforços para reduzir pela metade nossas emissões até 2030 e atingir a neutralidade em carbono até 2050.


Conheça a iniciativa.


Governos de Estado como de Santa Catarina, Espírito Santo e Pernambuco já aderiram. No mesmo movimento, capitais como Porto Alegre, Recife, Fortaleza, Curitiba, Palmas e Salvador também passaram a integrar a aliança. Empresa como Magalu e Marfrig igualmente se juntaram ao movimento que cresce a cada dia.

Conheça os Membros da Aliança pela Ação Climática no Brasil

Da Redação, com informações da ACA Brasil
Fotos: Reprodução/Maxpixel

 
 
 
 
Copyright 2021 - Pick-upau - Todos os direitos reservados - São Paulo - Brasil
 
     
 

Nas Redes

Quem Somos
  Pesquisa Científica
Reflorestamento e Produção Florestal
corporativo@pick-upau.org.br Mitigação de Mudanças Climáticas
55 11 3571-3480 CECFLORA - Centro de Estudos e Conservação da Flora
São Paulo - SP Negócios Sustentáveis
  Publicações
  Acervo Técnico
  Central de Educação e Jornalismo Ambiental