Notícias
 
 
 

A perspectiva para um censo anual e aves
É a estação dos pés frios, corações felizes e pássaros


20/01/2023 – A perspectiva de um gerente de refúgio sobre este censo anual. Por Juliette Fernandez, Líder do Projeto, Ridgefield National Wildlife Refuge Complex. Começamos nosso caminho ao som de trombetas e cisnes de tundra gritando. Estava úmido, mas não chuvoso e frio, mas não nevado. A Contagem dos Pássaros de Natal é um feriado de uma reunião familiar diferente. O da comunidade de pássaros e os pássaros são o concurso.

Minha primeira contagem de pássaros de Natal foi há algumas décadas no deserto quente que separa o Arizona e a Califórnia no Imperial National Wildlife Refuge. O rio Colorado parecia estreitar e desaparecer a cada hora, mas ao nascer do sol os pássaros brincavam pesadamente. Os pássaros eram meu coro diário, meus companheiros e meus medidores sazonais. Aprendi todos os seus nomes, movimentos de cauda, barras de asa e cadências. Os mergulhões ocidentais tinham olhos sombreados como os dos cowboys do Arizona. Os trilhos de Ridgeway batiam nos juncos e carriças de cacto levantavam uma sobrancelha do fundo do cholla. Anos depois, depois de me movimentar e passar algum tempo fora do campo em uma posição regional, minhas ferramentas embotaram, a espécie mudou e meu ouvido diminuiu.

Agora de volta ao campo no Ridgefield National Wildlife Refuge Complex , o Christmas Bird Count circulou em sua pirueta anual, e eu estava lá para segurar sua mão. Desde que cheguei ao noroeste do Pacífico, minhas habilidades de observação de pássaros tornaram-se lamentavelmente aparentes para mim. Alguns pássaros têm rostos familiares, mas muitos são novos ou usam seu habitat de maneiras muito diferentes. Esta era uma língua não praticada. Eric Anderson, vice-líder do projeto no complexo, nasceu e foi criado no noroeste do Pacífico. É gestor, educador, bombeiro e biólogo. Os pássaros são sua língua e o habitat é sua casa.

Refiro-me a ele como nosso “carvalho maciço”. Ele é firme, paciente, confiável, humilde e o cara realmente conhece as coisas dele. Ele graciosamente se ofereceu para formar par comigo para a contagem de pássaros e tive a honra de acompanhá-lo.

Cento e vinte cisnes decoravam os lagos, imagens de graça e sons de buzinas de carros. Os shovelers e pintails do norte entravam e saíam e os canvasbacks se misturavam com facilidade despretensiosa. Os buffleheads exibiam seus protetores de ouvido brancos de inverno e os sons dos corvos-marinhos cortavam o ar acima de nós. Os grous de Sandhill emolduravam os cursos de água com boinas de framboesa e Eric anotava seus números em seu velho livro de contagem de pássaros de Natal escrito na chuva.

Reprodução/FWSqJuliette-Fernandez

 



Caminhamos pela trilha de cascalho e pela grama molhada. A amora-preta segurou nossas botas enquanto subíamos sobre tocos acarpetados de verde e sob arcos de galhos sem folhas. Duas águias carecas empoleiradas asa com asa e nos observavam de cima, suas chamadas ricocheteando em grandes troncos de carvalho e vice-versa. A trilha se abria com o bater de asas minúsculas, desafiando-nos a identificá-las. Os binóculos de Eric acertaram as árvores e ele começou a chamar nomes pela visão e pelo som.

Um sapsucker de peito vermelho estava na frente e no centro, vibrante e exibindo seu conhecimento de comida. Estudamos as silhuetas dos pica-paus peludos e felpudos, olhando de soslaio para seus bicos e esperando por um gorjeio definidor. Os corvos e corvos gritavam ao longe e os chapins e nuthatches dançavam na vanguarda. Rubi e reis de coroa dourada regalados com realeza, e os towhees manchados perfuravam o musgo verde com seu peito alaranjado. Caminhamos por um corredor de pardais cantores, tordos variados e chapins, navegando pelos galhos como uma fita em um tear.

“Essa é uma carriça do Pacífico”, apontou Eric. Este foi um novo pássaro para mim. “Eles são pequenos habitantes de cavernas. Eles gostam de áreas frias, escuras e úmidas que não parecem o lugar ideal para ficar.” Observamos a pequena carriça vagar pelas cervicais escuras de uma grande raiz caída como um rato da floresta. Eu me vi tão fascinado pela presença da carriça quanto pelo que ela fez com Eric. Ele parecia amá-lo simplesmente por ser e o observava com adoração, gentileza e talvez até com alguma tristeza. Comecei a amá-lo por todas as suas características únicas, mas talvez mais pelo que inspirou em Eric. Um biólogo aparentado conectando-se com um ser aparentado.

Adorei o refrão nostálgico, o companheirismo alado, esses medidores sazonais, mas ao olhar em volta, a riqueza desta terra chamou meus olhos para o chão. As folhas macias do choupo, amarronzadas e quebradas, assentaram-se no solo úmido abaixo de nós, morrendo, cobrindo-se, trazendo vida. As garotas sardentas do carvalho reclinavam-se em suas folhas como ornamentos que rolavam para longe de sua árvore, enquanto outras enegrecidas com beleza perfurada por vespas ou penduradas em cachos, resistiam às geadas. A casca fria e úmida hospedava aldeias de pequenos cogumelos amarelos, dicas sutis das redes que prosperavam abaixo. Uma obra de grama e galhos de um tordo descansava acima de nós em uma xícara delicada. Pequenos gorros de madeira sem suas bolotas, luvas solitárias sem nada para preenchê-los.

Com os pés frios e o coração contente, voltamos por onde viemos. A Contagem dos Pássaros de Natal veio e se foi, os números contados e as botas enlameadas. No entanto, de alguma forma, me senti renovado. Amanhã é outro dia. “Preciso fazer isso com mais frequência”, disse a Eric. Ele silenciosamente reconheceu e as trombetas retumbantes continuaram seu desfile.
Observação: O Christmas Bird Count é o projeto de ciência cidadã mais antigo do país. A pesquisa anual de pássaros ocorre entre 14 de dezembro e 5 de janeiro. Você pode participar de uma contagem de pássaros perto de você, em um refúgio nacional de vida selvagem ou diretamente no alimentador de pássaros do seu quintal.

Criado em 2015, dentro do setor de pesquisa da Agência Ambiental Pick-upau, a Plataforma Darwin, o Projeto Aves realiza atividades voltadas ao estudo e conservação desses animais. Pesquisas científicas como levantamentos quantitativos e qualitativos, pesquisas sobre frugivoria e dispersão de sementes, polinização de flores, são publicadas na Darwin Society Magazine; produção e plantio de espécies vegetais, além de atividades socioambientais com crianças, jovens e adultos, sobre a importância em atuar na conservação das aves. Fonte: U.S. Fish & Wildlife Service.

Da Redação, com informações do U.S. Fish and Wildlife Service
Foto: Reprodução/FWSqJuliette-Fernandez

 
 
 
Patrocínio
 
 
 
 

 

Notícias  
 
 
 
 
     
SEJA UM PATROCINADOR
CORPORATIVO
A Agência Ambiental Pick-upau busca parcerias corporativas para ampliar sua rede de atuação e intensificar suas propostas de desenvolvimento sustentável e atividades que promovam a conservação e a preservação dos recursos naturais do planeta.

 
 
 
 
Doe Agora
Destaques
Biblioteca
     
Doar para a Agência Ambiental Pick-upau é uma forma de somar esforços para viabilizar esses projetos de conservação da natureza. A Agência Ambiental Pick-upau é uma organização sem fins lucrativos, que depende de contribuições de pessoas físicas e jurídicas.
Conheça um pouco mais sobre a história da Agência Ambiental Pick-upau por meio da cronologia de matérias e artigos.
O Projeto Outono tem como objetivo promover a educação, a manutenção e a preservação ambiental através da leitura e do conhecimento. Conheça a Biblioteca da Agência Ambiental Pick-upau e saiba como doar.
             
       
 
 
 
 
     
TORNE-SE UM VOLUNTÁRIO
DOE SEU TEMPO
Para doar algumas horas em prol da preservação da natureza, você não precisa, necessariamente, ser um especialista, basta ser solidário e desejar colaborar com a Agência Ambiental Pick-upau e suas atividades.

 
 
 
 
Compromissos
Fale Conosco
Pesquise
     
Conheça o Programa de Compliance e a Governança Institucional da Agência Ambiental Pick-upau sobre políticas de combate à corrupção, igualdade de gênero e racial, direito das mulheres e combate ao assédio no trabalho.
Entre em contato com a Agência Ambiental Pick-upau. Tire suas dúvidas e saiba como você pode apoiar nosso trabalho.
O Portal Pick-upau disponibiliza um banco de informações ambientais com mais de 35 mil páginas de conteúdo online gratuito.
             
       
 
 
 
 
 
Ajude a Organização na conservação ambiental.
     
CONHEÇA + EXPLORE +
SIGA-NOS
 

 

 
Projeto Aves
Missão e Valores Plastic no Thanks
O Que Fazemos Programa Atmosfera
Programa de Compliance Rede de Sementes e Mudas
Voluntariado Novas Florestas
Parcerias Pesquisa em Biodiversidade
Notícias Darwin Society Magazine
Doe Agora Revista Atmosfera
Negócios Sustentáveis Universo Ambiental
Publicações Notícias Socioambientais
Biblioteca C-3PO
CECFLORA R2-D2
Contato  
     
 
Todos os direitos reservados. Agência Ambiental Pick-upau 1999 - 2023.