Patrocínio      
     

 
Saí-azul (Dacnis cayana)
 
 
Frango-d’água
Ocorre amplamente em lagoas, represas, brejos, rios, pântanos e banhados inclusive em parques urbanos
 

FRANGO-D’ÁGUA
Gallinula galeata (Lichtenstein, 1818)
Família: Rallidae

11/03/2019 – Existem sete subespécies, das quais uma ocorre no Brasil. Apresenta distribuição ampla, ocorrendo do Canadá ao centro da Argentina e Uruguai. No Brasil ocorre a subespécie Gallinula g. galeata (Lichtenstein, 1818). É residente, ou seja, suas populações se reproduzem no país. Não apresenta dimorfismo sexual, ou seja, macho e fêmea são semelhantes.

Pick-upau/Viviane Rodrigues Reis/Reprodução

Frango-d'água (Gallinula galeata).


Gallinula g. galeata ocorre na América do Sul a leste dos Andes, da Venezuela ao Uruguai, incluindo toda a Mata Atlântica. No Brasil ocorre nos seguintes estados: Pará, Piauí, Ceará, Pernambuco, Alagoas, Mato grosso, Bahia, Espírito Santo, Rio de janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Possui trinta e cinco centímetros. Quase preto com o lado ventral mais cinza escuro; bico vermelho com ponta amarela; estrias nos flancos e infracaudais brancas; pés verde-amarelados com uma mancha vermelha na tíbia. Seu bico é curto com grande escudo frontal.

Pick-upau/Viviane Rodrigues Reis/Reprodução

Frango-d'água (Gallinula galeata).


Ocorre amplamente em lagoas, represas, brejos, rios, pântanos e banhados inclusive em parques urbanos. Tem preferência por lagoas com muita vegetação paludícola, rodeadas por taboais e áreas abertas, tanto em águas interiores quanto em águas salobras e manguezais.

Ao nadar, move a cabeça para frente e para trás e caminha sobre a vegetação de brejo e de áreas encharcadas. Voa bem próximo à água e seu voo é fraco. Pode voar entre uma lagoa e outra durante a noite.

Alimenta-se tanto na água quanto no solo e quando se assusta, “corre” rapidamente sobre a água batendo as asas até alçar voos curtos. Consome principalmente alimentos de origem vegetal como pétalas, folhas e brotos.

Pick-upau/Viviane Rodrigues Reis/Reprodução

Frango-d'água (Gallinula galeata).


Seu ninho é uma plataforma de talos e folhas e é instalado encima de plantas aquáticas flutuantes, nas margens ou sobre galhos baixos. Duas ou mais fêmeas podem utilizar o mesmo ninho, mas geralmente colocam de 5 a 6 ovos cinza-esverdeados com pintas castanhas e azuis.

O Projeto Aves realiza diversas atividades voltadas ao estudo e conservação desses animais. Pesquisas científicas como levantamentos quantitativos e qualitativos, pesquisas sobre frugivoria e dispersão de sementes, polinização de flores, são publicadas na Darwin Society Magazine; produção e plantio de espécies vegetais, além de atividades socioambientais com crianças, jovens e adultos, sobre a importância da conservação das comunidades de avifauna. O Projeto Aves é patrocinado pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental, desde 2015.

Pick-upau/Viviane Rodrigues Reis/Reprodução

Frango-d'água (Gallinula galeata).


Da Redação/Viviane Rodrigues Reis
Com informações de Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos, 2015; Grantsau, 2010; IOC World Bird List, 2018; Ridgely et al., 2015; Sigrist, 2014.
Fotos: Pick-upau/Viviane Rodrigues Reis

 
 
 
Príncipe (Pyrocephalus rubinus)
 
 
 

 

     
       
       
Patrocínio      
 
       
       
   
 
_Acompanhe as ações e atividades do Projeto Aves
     
 

Nas Redes

Quem Somos
  Pesquisa Científica
Reflorestamento e Produção Florestal
corporativo@pick-upau.org.br Mitigação de Mudanças Climáticas
55 11 3571-3480 CECFLORA - Centro de Estudos e Conservação da Flora
São Paulo - SP Negócios Sustentáveis
  Publicações
  Acervo Técnico
  Central de Educação e Jornalismo Ambiental  
 
Copyright 2015-2019. Projeto Aves. © Agência Ambiental Pick-upau. Todos os direitos reservados.