São Paulo, SP – Brasil
 
  +Blog da Pick-upau
   
  14/11/2011
  Cientistas identificam micróbios que ajudam pandas a comer bambu
 

Cientistas da Academia de Ciências da China identificaram os micróbios que auxiliam pandas gigantes na digestão do bambu. Esse fato intrigava os cientistas, já que pandas possuem sistema digestivo com características de carnívoros e, ao mesmo tempo, conseguem digerir até 12 quilos de bambu por dia.

Assim como os seres humanos, pandas são onívoros, comem tanto carnes quanto vegetais e estão classificados como animais carnívoros, porém 99% da sua alimentação é o bambu.

O fato do sistema digestivo da espécie não possuir enzimas necessárias para sustentar esse tipo de alimentação gerava uma certa curiosidade nos cientistas. A fim de desvendar o enigma, a equipe do pesquisador Fuwen Wei resolveu analisar as bactérias encontradas nas fezes desses animais.

O estudo revelou sete novas espécies de micro-organismos, que até o momento só foram encontrados nos pandas gigantes. De acordo com o cientista, são eles que garantem a sobrevivência da espécie apenas comendo bambu.

Divulgação

Panda gigante comendo bambu

Do G1

 
  Postado às 16h12
 
|
  14/11/2011
  Pandas-vermelhos se 'beijam' ininterruptamente em zoo do Japão
 

Uma cena entre dois exemplares de panda-vermelho (Ailurus fulgens), também conhecidos como Firefox, despertou a atenção dos visitantes de um zoológico do Japão, eles pareciam estar se beijando ininterruptamente.

Segundo o site "The Huffington Post", a cena não ficou muito clara. Não dava para saber ao certo se eles estavam realmente se beijando ou apenas se limpando. Especialistas explicaram no site que pandas-vermelhos têm o costume de se lamber para tirar sujeiras ou restos de comida que acumulam ao redor da boca.

De acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN, na sigla em inglês), esses animais estão na lista dos vulneráveis, sobretudo por conta das atividades agrícolas que danificam o seu habitat. Acredita-se que hoje em dia existam apenas 20 mil exemplares espalhados no mundo, estimativas da IUCN.

Reprodução

Imagem mostra dois exemplares de panda-vermelho se beijando em zoológico do Japão. A espécie, também conhecida como firefox, é considerada vulnerável na natureza

Do Globo Natureza

 
  Postado às 16h10
 
|
  14/11/2011
  Mostra nos EUA reúne imagens de criaturas das profundezas do mar
 

A profundeza dos oceanos ainda é um mistério para grande parte da população, tornando os animais que ali existem totalmente desconhecidos. Cientistas ainda não conseguiram descobrir muitas espécies e as poucas divulgadas chamam a atenção devido à estranha aparência que possuem.

A Universidade da Califórnia, em San Diego, nos EUA, montou uma exposição de fotografias dos seres capturados nas profundezas marinhas do Havaí e México, tiradas pelo fotógrafo Norbert Wu.

Conforme reportagem do jornal britânico “The Sun”, os animais já haviam sido capturados e estavam em tanques com álcool no momento das fotografias. Corantes foram utilizados para salientar as cores e alguns detalhes mais difíceis de serem percebidos.

De acordo Norbert, "as fotografias são um primeiro olhar de um reino praticamente desconhecido". Para ele tais animais são "estranhos, assustadores, além de bizarros".

Reprodução

 

Do Globo Natureza

 
  Postado às 16h08
 
|
  14/11/2011
  Onze tartarugas são encontradas mortas em Praia Grande (SP)
 

Onze tartarugas-marinhas foram encontradas mortas nas praias do Canto do Forte, Guilhermina e Tupi, na Praia Grande, litoral sul de São Paulo. Dos animais mortos, dez eram tartarugas-verde e uma tartaruga-de-pente.

Os animais foram encaminhados para a ONG GREMAR (Resgate e Reabilitação de Animais Marinhos), e de acordo o laudo feito por eles, oito tartarugas morreram por terem ingerido lixo plástico, duas acabaram morrendo devido a ferimentos causados por redes de pesca e uma teve o casco rompido depois de colidir com uma embarcação.

O Grupamento da Guarda Costeira Municipal disse que neste ano cerca de 60 tartarugas foram encontradas mortas nas praias da cidade.

"O principal motivo das mortes são a pesca acidental e a ingestão sacolas plásticas, que são confundidas com águas-vivas, principal alimento desses animais", explicou Delfo Almeida Monsalvo, inspetor chefe da Guarda Costeira.

Divulgação

Onze tartarugas são encontradas mortas em Praia Grande

Da Folha de São Paulo

 
  Postado às 16h03
 
|
  07/11/2011
  Público adere à campanha pelas florestas durante ECOSP
 

Visitantes de Stand do Pick-upau participam de manifesto

Visitantes do ECOSP – Encontro de Meio Ambiente de São Paulo, realizado nos dias 03, 04 e 05 de novembro, no Parque Anhembi – Auditório Elis Regina, passaram pelo stand do Pick-upau e aproveitaram para participar da Campanha “Floresta faz a diferença”.

Saiba mais
Formado por 152 organizações não governamentais da sociedade civil brasileira, contrárias ao Projeto de Lei da Câmara 30/2011, o movimento foi lançado em junho deste ano. O Comitê tem como principal objetivo mobilizar a sociedade brasileira a se manifestar sobre a discordância no PLC e tentar sensibilizar senadores para um plano que proteja nossas florestas.

O Pick-upau assinou o Manifesto nesta semana. Acesse o site do movimento conheça a ação, veja quem já aderiu e saiba como participar, faça a diferença você também.
http://www.florestafazadiferenca.org.br

Divulgação/Pick-upau

Da Redação
Fotos: Pick-upau/Divulgação

 
  Postado às 15h29
 
|