São Paulo, SP Brasil
 
  +Blog da Pick-upau
   
  11/03/2012
  Fotos revelam beleza das cavernas subterrâneas
 

Em nome da ciência, exploradores vencem escaladas, descidas, cachoeiras e rios dezenas de metros abaixo da superfície da Terra.

Exploradores descem ao fascinante mundo subterrâneo das cavernas, vencendo escaladas, descidas, cachoeiras e rios dezenas de metros abaixo da superfície da Terra.

Do México ao Omã, de Belize a Papua Nova Guiné, os estudiosos, especialistas e aventureiros arriscam a vida pela possibilidade de ter contato com algumas das paisagens mais belas do mundo.

Para eles, vencer as adversidades da natureza e explorar o mundo subterrâneo das cavernas abaixo da superfície oferece um grande sentimento de satisfação e recompensa.

Stephen Alvarez/National Geographic Stock/Caters News

A cerca de 85 metros do chão, o explorador Kent Ballew se aproxima do topo da cachoeira de Mystery Falls, no Estado americano do Tennessee.

Stephen Alvarez/National Geographic Stock/Caters News

Um estudioso de cavernas desce as profundezas de Majlis al Jin, no Omã, iluminado por um raio de luz que confere à foto um tom sobrenatural.

Stephen Alvarez/National Geographic Stock/Caters News

Exploradores descem em fila, pela mesma corda, as dezenas de metros de Mystery Falls, no Tennessee.

Do G1

 
  Postado às 10h16
 
|
  11/03/2012
  Pesca descontrolada enfraquece recifes de corais, diz pesquisa
 

Estudo mostra que diminuição de peixes altera toda a cadeia alimentar.
Cientistas trabalharam na costa do Quênia.

Uma pesquisa publicada pela revista científica da Sociedade Internacional dos Estudos de Recifes dá um exemplo de como as consequências das ações humanas sobre o meio ambiente podem ser amplas.

O estudo mostra que a pesca afetou não só na população de peixes, mas alterou também outros organismos de ecossistemas na costa do Quênia. Isso acontece devido a um efeito conhecido como cascata trófica: toda a cadeia alimentar é influenciada pela redução do número de predadores.

Com menos peixes, a população de ouriços cresceu e a de algas vermelhas diminuiu nas regiões estudadas, que foram piscinas formadas no mar por barreiras de corais.

As algas vermelhas possuem substâncias químicas que fortalecem os corais. Portanto, se a população de algas vermelhas é ameaçada, a estrutura dos corais também é. Isso é um problema para todo o ecossistema, que é adaptado ao mar calmo e depende dos recifes para barrar as correntes do mar.

Jennifer O'Leary/Divulgação

'Diadema setosum', espécie de ouriço do mar
 
Coral coberto por algas vermelhas
 
'Balistapus porites', peixe estudado pela pesquisa no Quênia

Do Globo Natureza

 
  Postado às 10h13
 
|
  11/03/2012
  Pássaro constrói ninho em semáforo no Reino Unido
 

Sinalização fica perto de estação rodoviária em Leeds.

Imagem curiosa foi divulgada pelo jornal inglês 'Daily Telegraph'.

Reprodução

Um passarinho construiu seu ninho em um semáforo perto de uma estação rodoviária em Leeds, no Reino Unido, segundo o jornal inglês 'Daily Telegraph'.

Do G1

 
  Postado às 10h08
 
|