São Paulo, SP – Brasil
 
  +Blog da Pick-upau
   
  30/04/2012
  Teia de aranha é melhor condutor de calor que alguns metais, diz pesquisa
 

Melhor condutor de calor que alguns metais. Essa foi a constatação de um pesquisador da Universidade de Iowa, nos Estados Unidos. Segundo Xinwei Wang, a teia supera bons condutores de calor, como alumínio e ferro puro.

"Nossas descobertas vão revolucionar o pensamento convencional sobre a baixa condutividade térmica de materiais biológicos", afimou Wang em material de divulgação. O pesquisador chegou a descoberta estudando a condutividade térmica e buscando materiais orgânicos capazes de conduzir calor.

A descoberta poderá ser utilizada na construção de componentes eletrônicos e na confecção de roupas para o verão. Segundo Wang, a teia pode conduzir calor até mil vezes em comparação com a seda do bicho-da-seda.

Divulgação/Matjaž Kuntner

Teia de aranha conduziria mais calor que muitos metais, segundo pesquisa

Do Globo Natureza

 
  Postado às 12h05
 
|
  30/04/2012
  União Europeia terá que proteger 29 espécies de borboletas ameaçadas
 

Uma organização ambiental da Europa lançou um guia com orientações sobre como preservar espécies de borboletas que vivem no continente e são consideradas ameaçadas de extinção.

O relatório, que teve destaque na edição desta semana da revista “Nature Conservation”, aponta 29 espécies listadas pela União Europeia.

Os países-membros terão a partir do lançamento do guia a responsabilidade de fornecer informações sobre como proteger os insetos e definir (além de cumprir) metas internacionais de biodiversidade.

O documento detalha informações sobre cada inseto, as exigências para conservar seus habitats e plantas utilizadas pelas borboletas como local para desova e alimentação.

Em declínio
De acordo com o relatório, as borboletas europeias estão sob ameaça constante. Cerca de 10% de todas as espécies correm risco de desaparecer. Indicadores mostram que houve queda de 70% na população de 17 diferentes espécies nos últimos 15 anos.

Entre as principais causas desta diminuição estão a destruição de áreas, transformadas pela agricultura -- algumas delas abandonadas posteriormente.

Segundo a publicação, as borboletas são importantes indicadores do meio ambiente, já que respondem rapidamente a possíveis alterações do habitat. A gestão desses insetos garante a sobrevivência de outros seres, que fazem parte da biodiversidade europeia.

Divulgação/Chris van Swaay

Grande-borboleta-azul (Phengaris arion), uma das espécies ameaçadas de extinção na Europa

Do Globo Natureza

 
  Postado às 12h02
 
|
  30/04/2012
  Cisne apelidado 'Tyson' ataca quem invadir canal no Reino Unido
 

Um metro e vinte de altura, cerca de 2 metros de envergadura, esses números viraram um pesadelo para muitos moradores de Bugbrooke, no Reino Unido. Essas são as medidas da ‘besta branca’, um cisne também conhecido como ‘Tyson’.

Uma referência ao ex-lutador de boxe norte-americano Mike Tyson, o cisne tenta derrubar qualquer um que se atrever a navegar pelas águas calmas do canal da cidade. Segundo o jornal britânico “Daily Mail”, o cisne tem impedido a navegação de caiaques e pequenos barcos. Biólogos entrevistados pelo jornal afirmam que a espécie torna-se muito territorialista nos períodos de reprodução, os moradores acionaram as autoridades para que a ave seja retirada do local.

Reprodução

Cisne apelidado de "Tyson" ataca remadores e pedestres que passam próximo a um canal do Reino Unido.

Do Globo Natureza

 
  Postado às 11h55
 
|
  30/04/2012
  Crocodilos têm a mordida mais forte do reino animal, dizem cientistas
 

Que uma ‘dentada’ de um crocodilo ou jacaré era mortal todos já sabiam. No entanto, uma análise feita por pesquisadores da Universidade do Estado da Flórida, dos Estados Unidos, com 23 espécies de crocodilos e jacarés comprovou que a mordida desses animais é a mais poderosa do reino animal.

A ‘força’ seria uma herança de seus parentes crocodilianos pré-históricos, cuja mordedura era quase duas vezes mais forte que a de um tiranossauro-rex. Os resultados da pesquisa foram publicados na revista científica “PLoS ONE”.

A mordida mais potente é a do crocodilo-de-água-salgada (Crocodylus porosus), que determinou a pressão de 1.678 kg. De acordo com Gregory M. Erickson, um dos autores do estudo, com a análise foi possível constatar a anatomia, a biomecânica e o desempenho entre répteis vivos e fósseis de crocodilianos de 85 milhões de anos atrás.

Divulgação

Mandíbula de exemplar de jacaré-americano analisado por pesquisadores. No destaque os dentes que ajudam a espécie a segurar a presa.

Do Globo Natureza

 
  Postado às 11h51
 
|
  30/04/2012
  Recém-nascido, raro hipopótamo é tratado como príncipe na África
 

Harry, um pequeno hipopótamo-pigmeu (Choeropsis liberiensis) tem sido tratado com um príncipe no santuário da vida selvagem, na África do Sul. O filhote de cinco quilos tem tratamento especial da equipe após ser rejeitado pela mãe logo depois do nascimento.

Segundo o jornal britânico “Daily Mail”, o bebê que recebe leite a cada três horas tem sua espécie considerada ameaçada de extinção, conforme a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês).

Reprodução

O hipopótamo-pigmeu Harry recebe carinho de tratadora em reserva natural da África do Sul. O pequeno mamífero tem apenas uma semana de vida.

Do Globo Natureza

 
  Postado às 11h48
 
|
  30/04/2012
  Pick-upau e Zoo de SP comemoram Dia do Índio
 

A Agência Ambiental Pick-upau e a Fundação Parque Zoológico de São Paulo comemoraram o Dia do Índio, na última quinta-feira, (19), com a apresentação das crianças do Coral Guarani da Terra Indígena Tenonde Porã, maior aldeia da cidade de São Paulo.

Os visitantes do Parque puderam assistir a duas apresentações do Coral, realizado ao lado do Espaço Abaré, ambiente voltado à cultura indígena. Entre as apresentações, as crianças puderam passear pelo Zoo e conhecer de perto alguns animais.

Sobre o Pick-upau
O Pick-upau é uma organização não governamental sem fins lucrativos de caráter ambientalista 100% brasileira dedicada à preservação e a manutenção da biodiversidade do planeta. Fundada em 1999, por três ex-integrantes do Greenpeace-Brasil e originalmente criada no Cerrado brasileiro, tem sua base, próxima a uma das últimas e mais importantes reservas de mata atlântica da cidade São Paulo, a maior metrópole da América Latina. Por tratar-se de uma organização sobre Meio Ambiente, sem uma bandeira única, o Pick-upau possui e desenvolve projetos em diversas áreas ambientais. Saiba mais: www.pick-upau.org.br

Sobre a Terra Indígena Tenonde Porã
A aldeia Tenonde Porã está situada na região sul do município de São Paulo (cerca de 60 km do centro), Distrito de Parelheiros, com grande parte da área indígena às margens da represa Billings. A comunidade Guarani MBya possui apenas 26 hectares, demarcados e homologados em 1987, onde vivem atualmente 170 famílias com cerca de 900 pessoas. Apesar do crescimento acelerado e desordenado da região e do contato com a sociedade do entorno, esta população vem se assegurando como um povo. Os conhecimentos milenares são passados por gerações através da oralidade dos mais velhos, seus rituais, artesanato e da valorização de sua cultura.

Sobre o Zoo de SP
Desde sua abertura em 1958, o Zoológico de São Paulo já recebeu mais de 70 milhões de visitantes, sendo 1.600.000 em 2002. Localizado em uma área de 824.529 m2 de Mata Atlântica original, o Parque aloja nascentes do histórico riacho do Ipiranga, cujas águas formam um lago que acolhe exemplares de aves de várias espécies, além de aves migratórias. Assim como o lago, a mata abriga animais nativos de vida livre, formando maravilhosa fauna paralela. Através da exibição de mais de 3.200 animais, representando 102 espécies de mamíferos, 216 espécies de aves, 95 espécies de répteis, 15 espécies de anfíbios e 16 espécies de invertebrados, em recintos e terrários amplos e semelhantes ao habitat natural, o zoológico de São Paulo promove a conscientização do público sobre a variedade e diversidade das formas de vida sobre a Terra. Espaço Abaré e visita "Resgatando a Nossa História": A proposta desta atividade é estimular o respeito e a valorização do índio como um dos pilares culturais e étnicos do Brasil, trabalhando sua vida, seu cotidiano, seus rituais e suas relações com a natureza por meio de artefatos expostos em uma oca e de uma visita monitorada ao parque.
Saiba mais: www.zoologico.sp.gov.br

Pick-upau/Divulgação

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Da Redação

 
  Postado às 11h40
 
|

  30/04/2012
  Nova espécie de vespa gigante é encontrada na Indonésia
 

Rei das vespas, esse foi o apelido dado ao macho de 3 cm de comprimento descoberto em uma ilha da Indonésia. Com a descoberta, publicada no jornal científico "ZooKeys", um novo gênero foi determinado. A nova espécie batizada de Megalara garuda, pertence à família de vespas escavadoras, mas difere das outras espécies pelas características da mandíbula do macho e pelo tamanho avantajado de seu corpo.

Apesar do inseto já ter sido incluído em uma coleção alemã em 1930, somente agora pesquisadores resolveram estudá-lo.

Divulgação/ZooKeys

Visão lateral do corpo de um macho (acima) e uma fêmea da vespa gigante da Indonésia.

Do Globo Natureza

 
  Postado às 11h38
 
|

  30/04/2012
  Leão-marinho fêmea é socorrida em hotel e adota local para cochilos
 

Panchita, uma fêmea de leão-marinho que foi resgatada ferida em uma rede de pesca está sendo tratada em um hotel de Galápagos, virou atração entre turistas e ganhou as páginas dos jornais com uma imagem inusitada.

"Algum tempo atrás, Panchita foi pega em uma rede, o que a deixou com cortes por todo o corpo. Ela conseguiu chegar até o [píer do] hotel, onde defensores dos animais a trataram, e ela recuperou a saúde três meses depois. Todos os dias ela retorna para descansar depois de nadar no mar. Ela agora está grávida e deve dar à luz em um mês", diz o relato publicado no site Gawker.

Reprodução/Gawker

Site mostra imagem do que seria a leão-marinho Panchita dormindo à beira da piscina do hotel de Galápagos

Do G1

 
  Postado às 11h31
 
|