Patrocínio
 


 

Aves fogem dos ninhos com onda de calor nos EUA
Centro de reabilitação diz nunca ter visto nada igual

13/08/2021 – Mais de 100 filhotes de aves pularam dos ninhos e caíram de alturas de até 18 metros na tentativa de escapar dos incêndios florestais e da onda de calor que atinge os Estados Unidos e registram marcas recordes.

Segundo as autoridades, a maioria dos indivíduos eram falcões de Swainson e Cooper, e foi salva após as quedas em Pendleton, Oregon, mas ficaram feridos e precisaram de tratamento. Infelizmente, o centro de reabilitação Blue Mountain Wildlife informou que foi obrigado a sacrificar 13 filhotes que tiveram fraturas múltiplas.


Reprodução/Maxpixel

 



"Nunca vimos nada assim antes. Então, espero que o próximo ano não seja o mesmo. Mas eu sei que com a mudança climática e o calor extremo e aumento do calor, coisas como essa serão mais prováveis", disse Lynn Tompkins, diretora executiva do centro. O Blue Mountain Wildlife está recebendo uma grande quantidade de ligações sobre resgates.

“Quase todos eles, os pais ainda estavam lá, e realmente odiamos tirar bebês de qualquer tipo de seus pais porque eles são os mais qualificados para cuidar deles”, disse ela que sugere colocara água para fora das casas e ligar os irrigadores, mas não resgatar filhotes que caíram dos ninhos. A forte onda de calor, que chegou antes do esperado, que reflete os efeitos das mudanças climáticas já matou centenas de pessoas nos EUA.

Segundo registros da National Oceanic and Atmospheric Administration, o mês passado foi o período mais quente já registrado em Oregon, desde 1898. As temperaturas atingiram 47°C em 29 de junho. O recorde era 48°C, de acordo com Serviço Meteorológico Nacional em Pendleton. O pico da temperatura foi atingido no Vale da Morte, na Califórnia, com 54°C.


Reprodução/Maxpixel

 



Criado em 2015, dentro do setor de pesquisa da Agência Ambiental Pick-upau, a Plataforma Darwin, o Projeto Aves realiza atividades voltadas ao estudo e conservação desses animais. Pesquisas científicas como levantamentos quantitativos e qualitativos, pesquisas sobre frugivoria e dispersão de sementes, polinização de flores, são publicadas na Darwin Society Magazine; produção e plantio de espécies vegetais, além de atividades socioambientais com crianças, jovens e adultos, sobre a importância em atuar na conservação das aves.

Da Redação, com informações de agências internacionais.
Fotos: Reprodução/Maxpixel

 
 
 
 
Copyright 2021 - Pick-upau - Todos os direitos reservados - São Paulo - Brasil
 
     
   

 

     
Patrocínio    
     
     
     
 

Nas Redes

Quem Somos
  Pesquisa Científica
Reflorestamento e Produção Florestal
corporativo@pick-upau.org.br Mitigação de Mudanças Climáticas
55 11 3571-3480 CECFLORA - Centro de Estudos e Conservação da Flora
São Paulo - SP Negócios Sustentáveis
  Publicações
  Acervo Técnico
  Central de Educação e Jornalismo Ambiental