Patrocínio      
     

 
Saí-azul (Dacnis cayana)
 
 
Pica-pau-verde-barrado
Alimenta-se mais no solo do que a maioria dos outros pica-paus, com exceção do pica-pau-do-campo
 

PICA-PAU-VERDE-BARRADO
Colaptes melanochloros (Gmelin, 1788)
Família: Picidae

10/03/2019 – Ocorrem cinco subespécies, das quais três estão no Brasil e duas na Mata Atlântica. Distribui-se amplamente pelo leste da América do Sul, ocorrendo do extremo leste da Amazônia ao centro da Argentina, incluindo a maior parte do Brasil extra-amazônico e também na Bolívia, Paraguai e Uruguai.

As subespécies Colaptes m. melanochloros; Colaptes m. nattereri e Colaptes m. leucofrenatus ocorrem no Brasil.

Possui vinte e oito centímetros. Verde-amarelado barrado de preto por cima; testa preta, nuca e bigode vermelhos (bigode preto na fêmea); garganta rajada de branco e preto; por baixo, amarelado com grandes pintas pretas.

Pick-upau/Viviane Rodrigues Reis/Reprodução

Pica-pau-verde-barrado (Colaptes melanochloros).

 

Colaptes m. melanochloros ocorre do Espírito Santo ao Uruguai e na Mata Atlântica do Espírito Santo ao Rio Grande do Sul e no Paraguai e Argentina. Possui os lados da cabeça esbranquiçados.

Colaptes m. nattereri ocorre do leste da Amazônia brasileira e região nordeste ao leste da Bolívia, incluindo todo o centro do Brasil e na Mata Atlântica do Piauí a Bahia. Possui os lados da cabeça ocre-amarelados.

Ocorre em bordas de mata, em capoeiras, áreas abertas com árvores, chácaras, caatingas, cerrados, cerradões, eucaliptais, buritizais, campos e bambuzais, parques e em cidades. Vive solitário ou em casal.

Pick-upau/Viviane Rodrigues Reis/Reprodução

Pica-pau-verde-barrado (Colaptes melanochloros).


Alimenta-se mais no solo do que a maioria dos outros pica-paus, com exceção do pica-pau-do-campo. Consome principalmente formigas, mas também ingere frutos como abacates.

Tamborila em colmos de bambu em embaúbas (Cecropia). Nidifica em cactos mandacaru, árvores secas, postes de madeira e em palmeiras.

Pick-upau/Viviane Rodrigues Reis/Reprodução

Pica-pau-verde-barrado (Colaptes melanochloros).


O Projeto Aves realiza diversas atividades voltadas ao estudo e conservação desses animais. Pesquisas científicas como levantamentos quantitativos e qualitativos, pesquisas sobre frugivoria e dispersão de sementes, polinização de flores, são publicadas na Darwin Society Magazine; produção e plantio de espécies vegetais, além de atividades socioambientais com crianças, jovens e adultos, sobre a importância da conservação das comunidades de avifauna. O Projeto Aves é patrocinado pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental, desde 2015.

Da Redação/Viviane Rodrigues Reis
Com informações de Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos, 2015; Grantsau, 2010; IOC World Bird List, 2018; Moreira-Lima, 2013; Ridgely et al., 2015; Sigrist, 2014.
Fotos: Pick-upau/Viviane Rodrigues Reis

 
 
 
Príncipe (Pyrocephalus rubinus)
 
 
 

 

     
       
       
Patrocínio      
 
       
       
   
 
_Acompanhe as ações e atividades do Projeto Aves
     
 

Nas Redes

Quem Somos
  Pesquisa Científica
Reflorestamento e Produção Florestal
corporativo@pick-upau.org.br Mitigação de Mudanças Climáticas
55 11 3571-3480 CECFLORA - Centro de Estudos e Conservação da Flora
São Paulo - SP Negócios Sustentáveis
  Publicações
  Acervo Técnico
  Central de Educação e Jornalismo Ambiental  
 
Copyright 2015-2019. Projeto Aves. © Agência Ambiental Pick-upau. Todos os direitos reservados.