Talha-mar (Rynchops niger)
 
 
O ninho de uma ave é uma maravilha da engenharia
As aves podem mostrar aos físicos como materiais compostos podem ser fortes e leves
 

03/04/2020 – As mais diversas formas e locais onde podemos encontrar ninhos de aves nos mostra que temos algo a aprender com esses animais. Os ninhos em forma de cesto ou xícara estão proporcionando aos cientistas uma nova maneira para pesquisar como os materiais fluidos podem se tornar sólidos em circunstâncias certas. E a pergunta é o que ocorre dentro de um ninho? Pesquisadores publicaram um artigo no Journal of Applied Physics sugerindo esses estudos.

Os cientistas dizem que o formato mais comum de ninho em forma de cesto é construído com objetivo de se parecer com as aves que o constrói. “Um cardeal usa seu próprio corpo como modelo na construção de seu ninho de xícara. Encontrados, materiais filamentosos são adicionados e embalados aleatoriamente contra os limites definidos pelas aves ”, explicam os pesquisadores.

Reprodução/Maxpixel

 



A complexidade desses ninhos transmite também sua fragilidade e leveza e por traz de sua construção há implicações que os cientistas resumem como novos metamateriais em suas pesquisas. Cientistas dizem que na física e na engenharia a cinética representa a mecânica clássica, que explica a relação entre o movimento e suas causas sobre forças e torques.

Em um emaranhado de madeiras sobrepostas, quando um elemento é liberado, os outros dobram de maneira a liberar energia e força das outras madeiras. Mas em um ninho de ave os itens, geralmente, são heterogêneos. Formado por pequenos galhos, gravetos, penugem, musgos e até materiais industrializados como restos de embalagens. Esses materiais se unem em uma estrutura estática que os pesquisadores classificam como metamaterial.

Reprodução/Maxpixel

 



Você pode imaginar um engarrafamento de veículos, onde todo o fluxo de uma estrada pode ser interrompido. Ou ainda, quando um ralo deixa de exercer sua função de escoar a água quando está entupido por resíduos como gordura, cabelos etc. “Se confinadas, [algumas partículas] prontamente 'atolam', ou seja, assumem propriedades de um sólido contínuo”, explica a equipe. “A capacidade de mudar um material de sólido para fluido por atuação mecânica, em vez de térmica, foi implementada no mecanismo de apreensão de uma pinça robótica baseada em granular”, conclui.

De maneira geral, materiais cuidadosamente projetados e conectados podem assumir novas formas e apresentar qualidades de uma forma sólida ou liquida sem necessitar ser derretido ou congelado dentro e fora desses estados. “Entre areia e tecido, em uma interface borrada entre mecânica granular e têxtil, existe uma classe de material familiar ao mundo biológico, mas relativamente inexplorado com rigor científico”, conclui a equipe. Para os pesquisadores isso pode resultar em soluções práticas para a engenharia, transporte e nos processos de fabricação.

Reprodução/Maxpixel

 



Veja mais:
A tecnologia vinda da natureza
As incríveis inovações e tecnologias oriundas da biomimética


Projeto Aves realiza diversas atividades voltadas ao estudo e conservação desses animais. Pesquisas científicas como levantamentos quantitativos e qualitativos, pesquisas sobre frugivoria e dispersão de sementes, polinização de flores, são publicadas na Darwin Society Magazine; produção e plantio de espécies vegetais, além de atividades socioambientais com crianças, jovens e adultos, sobre a importância da conservação das comunidades de avifauna.

Da Redação, com informações do Popular Mechanics (Caroline Delbert)
Fotos: Reprodução/Maxpixel

 
 
 
Periquito-rico (Brotogeris tirica)
 
 
 

   
 
_Acompanhe as ações e atividades do Projeto Aves
     

 

     
             
             
  Patrocínio          
   
             
             
     
 

Nas Redes

Quem Somos
  Pesquisa Científica
Reflorestamento e Produção Florestal
corporativo@pick-upau.org.br Mitigação de Mudanças Climáticas
55 11 3571-3480 CECFLORA - Centro de Estudos e Conservação da Flora
São Paulo - SP Negócios Sustentáveis
  Publicações
  Acervo Técnico
  Central de Educação e Jornalismo Ambiental  
 
Copyright 2015-2020. Projeto Aves. © Agência Ambiental Pick-upau. Todos os direitos reservados.