Suiriri (Tyrannus melancholicus)
 
 
Importância das Aves
Perda de aves dificulta adaptação de plantas às mudanças climáticas
Aquecimento global e perda da biodiversidade podem levar plantas à extinção
 

19/07/2021 – A perda de aves e mamíferos está impactando diretamente na dispersão de sementes e reduziu em 60% a capacidade de plantas se adaptarem às mudanças climáticas, e isso pode levar espécies à extinção. Esse cenário trágico é tema de uma nova pesquisa publicada revista Science.

Pesquisadores da Rice University, afirmam que esses tipos de animais são impactados frequentemente pela redução de habitat e essas espécies são imprescindíveis na dispersão de sementes, e consequentemente na sobrevivência de várias espécies de plantas em inúmeras partes do planeta.

Os cientistas dizem que mais de metade de todas as espécies de plantas dependem de animais para a dispersão de sementes, por meio do consumo de frutos. Esse procedimento garante que as plantas se propaguem e mantenham sua sobrevivência, incluindo sua adaptação às mudanças climáticas. As consequências práticas desse novo fenômeno ainda são desconhecidas e precisam ser estudadas.

O estudo apresenta dados do declínio na dispersão de sementes em uma escala pequena, na ilha de Guam, contudo, os pesquisadores acreditam que esse fenômeno deve estar ocorrendo em todo o planeta. Para compreender como os dispersores de sementes estão diminuindo, os pesquisadores analisaram estudos anteriores sobre aves e mamíferos consumidores de frutas carnudas e como seus processos digestivos são importantes na germinação de sementes.

Reprodução/Maxpixels

 



A partir de padrões matemáticos determinados para a dispersão de sementes, os pesquisadores puderam avaliar dados de espécies da América do Norte e da Ásia e estimar como essa dispersão de sementes tem caído proporcionalmente ao declínio de aves e mamíferos. Comparando informações da dispersão atual com o que teria acontecido se animais não tivessem sido extintos ou reduzido seu alcance geográfico. Os pesquisadores descobriram que a dispersão já foi reduzida em 60%. A redução de dispersores foi de 15%.

A nova pesquisa demonstra que os processos de dispersão de sementes vêm sendo reduzido de forma preocupante desde que humanos passaram a ocupar ilhas e continentes. Os cientistas dizem que precisamos preservar os habitats, ampliar a conservação das espécies dispersoras e suas plantas. Investir em reflorestamentos é fundamental, mas manter os ambientes em equilíbrio é tão importante quanto.

Criado em 2015, dentro do setor de pesquisa da Agência Ambiental Pick-upau, a Plataforma Darwin, o Projeto Aves realiza atividades voltadas ao estudo e conservação desses animais. Pesquisas científicas como levantamentos quantitativos e qualitativos, pesquisas sobre frugivoria e dispersão de sementes, polinização de flores, são publicadas na Darwin Society Magazine; produção e plantio de espécies vegetais, além de atividades socioambientais com crianças, jovens e adultos, sobre a importância em atuar na conservação das aves.

Da Redação, com informações de agências internacionais.
Fotos: Reprodução/Maxpixel

 
 
 
Alma-de-gato (Piaya cayana)
 
 
 

   
 
_Acompanhe as ações e atividades do Projeto Aves
     

 

     
             
             
  Patrocínio          
   
             
             
     
PROJETO AVES CONHEÇA + PROJETOS
SIGA-NOS
 

 

 
Quem Somos
Projeto Programa de Compliance
Notícias Negócios Sustentáveis
Espécies Plastic no Thanks
Ameaças Rede de Sementes e Mudas
Migração Pesquisa Científica
Nidificação e Reprodução Reflorestamento e Produção Florestal
Importância Mitigação de Mudanças Climáticas
Anatomia e Morfologia Publicações
You birds Acervo Técnico
Birds, Birds, Birds Central de Educação e Jornalismo Ambiental
Publicações Centro de Estudos e Conservação da Flora
Contato  
Doar    
 
Todos os direitos reservados. Projeto Aves 2015 - 2022. Agência Ambiental Pick-upau 1999 - 2022.